Gandu

Alimentos com traças e até próximo ao prazo de vencimento, pais reclamam de kits de merenda entregues pela prefeitura de Gandu

Uma ata de registro de preço de setembro do ano passado mostra que à prefeitura tinha em mãos uma proposta para compra dos kits orçada em R$ 429.588,08 (Quatrocentos e vinte e nove mil, quinhentos e oitenta e oito reais e oito centavos)

Além da demora em receber os kits de merenda escolar, que deveriam ser entregues mensalmente, desde maio do ano passado, pela prefeitura de Gandu, os beneficiários da alimentação auxiliar, exclusiva para alunos matriculados na rede municipal de ensino, agora precisam selecionar o que podem consumir do kit.

É que além de produtos de baixa qualidade, quem recebe o auxílio precisa estar atento também para o prazo de validade e corpos estranhos nas embalagens.

Nos últimos dias, casos de pacotes de feijão e arroz com traças, além de biscoitos próximo à data de vencimento foram algumas das reclamações feitas pelos pais de alunos. Em uma das reclamações, uma mãe chegou a dizer que o feijão e o biscoito estariam impróprios para o consumo. “O feijão simplesmente não presta, o biscoito é intragável, a farinha…enfim, será que o nosso prefeito consumiria os alimentos do kit que a prefeitura empurra para essas família?“, escreveu uma mulher no Facebook.

O reclame foi endossado por outras pessoas, que além de concordarem, reforçaram à péssima qualidade dos alimentos entregues pela prefeitura. “Deveríamos pegar os alimentos e jogar na casa do prefeito pra ele comer, ele acha que o povo é cachorro pra comer porcaria. Mais a culpa é nossa mesmo que ficamos calados“, bradou uma outra mulher na mesma publicação. Uma ata de registro de preço de setembro do ano passado mostra que à prefeitura tinha em mãos uma proposta para compra dos kits orçada em R$ 429.588,08 (Quatrocentos e vinte e nove mil, quinhentos e oitenta e oito reais e oito centavos)

(Gandu Noticias)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo