Notícias

Bolsonaro dá risada diante de suposto aumento de suicídios na pandemia

O presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) ironizou um suposto aumento de suicídios em meio à pandemia de coronavírus. Durante uma live nas redes sociais ontem (4), ele usou dados de uma suposta notícia que aponta o aumento dos casos e depressão durante o período de isolamento. Durante a transmissão, Bolsonaro disse que não errou “nenhuma” previsão sobre a pandemia, ao contrário do que aconteceu de fato. “Fevereiro de 21… (risos). Pode sorrir, Tarcísio, pode sorrir, tem problema não. A coisa é séria, pessoal. Gazeta do Povo: ‘Depressão e suicídio entre jovens aumentam durante a pandemia”, afirmou Bolsonaro, rindo, ao lado de Tarcísio Freitas, ministro da Infraestrutura.

“Aí o pessoal fala que eu tinha bola de cristal, eu não tinha não, sou não só tão burro quanto aqueles que me criticam”, completou. Bolsonaro ainda afirmou que a “maioria das crianças não aprendeu nada ficando em casa vendo porcaria na televisão” e disse que o ele mais enxerga nas ruas é “o povo falando que quer trabalhar”.

A Organização Mundial de Saúde (OMS), no entanto, recomenda o distanciamento social, o uso de máscaras e a lavagem das mãos como medidas de prevenção contra o novo coronavírus. A atualização de ontem do levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa apontou que o Brasil registrou 1.786 mortes em 24 horas por coronavírus. No dia anterior, foram 1.840 óbitos no mesmo período – novo recorde da pandemia. (Metro1)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo