Notícias

Conceição do Jacuípe: Homem investigado por matar mulher e o filho dela, é baleado ao sair da delegacia

O homem investigado pela suposta participação na morte de Leandra Silva de Lima, 18 anos, e do filho dela, Thayllanderson Silva, de apenas 3, foi baleado na cabeça ao deixar a delegacia na companhia do advogado, na terça-feira (23/2).

A tentativa de homicídio ocorreu após o rapaz, conhecido apenas pelo apelido de “Binho”, ser interrogado por investigadores da Delegacia Territorial de Conceição do Jacuípe que continuam apurando as circunstâncias do duplo homicídio que chocou a população local.

A ocorrência foi atendida pela Polícia Militar. A corporação informou que a 20ª Companhia Independente (CIPM/Santo Amaro), após tomar conhecimento de que um homem havia sido alvejado por disparos de arma de fogo na Praça Benjamim Costa, chegou ao local minutos depois.https://4f17301e6a4257220a93156da9417e29.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Na praça, a guarnição recebeu a informação de populares que a vítima já tinha sido socorrida para o Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana. Conforme a Polícia Civil, o suspeito está bem e seu estado de saúde é considerado estável.

O CRIME

Leandra foi encontrada morta, já em estado de decomposição, pelo próprio pai na quinta-feira (18/2). O corpo tinha ferimentos causados por faca e estava amordaçado. A polícia apurou, inicialmente, que Leandra tinha envolvimento com o tráfico, inclusive comercializava drogas na própria residência.

No sábado (20/2), o corpo de Thayllanderson foi encontrado por vizinhos em uma cisterna, que fica em um terreno próximo à casa das vítimas. Um laudo inicial do Departamento de Polícia Técnica apontou que a criança foi asfixiada antes de ser jogada no poço.

O caso está sendo apurado pela DT de Conceição do Jacuípe, que também investiga a tentativa de homicídio contra “Binho”. O rapaz, depois do duplo homicídio, se apresentou à Polícia Civil e disse que não tem relação com a execução de mãe e filho. (Aratu)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo