Covid-19

Ex-governador de Goiás morre de Covid-19 após esperar 3 dias por um leito de UTI no estado

O ex-governador de Goiás Helenês Cândido, 86 anos, morreu de Covid-19, após aguardar três dias por um leito de UTI no estado. Ele morreu na ambulância, durante a transferência do hospital em que estava internado para um leito em Caldas Novas, na região sul de Goiás.

Cândido foi diagnosticado com a Covid-19 no início de março, junto com a esposa, Lila Morais. Logo que foram diagnosticados, os dois foram internados em um hospital particular em Goiânia. Após uma semana, apresentaram melhora, receberam alta e voltaram para Morrinhos, onde moram.

Na última sexta-feira (12), o ex-governador voltou a ser internado em um hospital de campanha da cidade, após apresentar sintomas da doença. O quadro se agravou e ele foi intubado no dia seguinte. No domingo (14), a situação piorou e ele passou a precisar de uma UTI completa, entrando na fila de regulação. No entanto, a vaga só ficou disponível na quarta-feira (17), no Hospital e Maternidade Nossa Senhora Aparecida, em Caldas Novas.

Helenês Cândido deixa a esposa e dois filhos. O corpo foi enterrado às 10h desta quinta-feira, no Cemitério São Miguel, em Morrinhos, cidade onde nasceu.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo