Notícias

‘Fui tirar um sarro e me dei mal’, diz o apresentador Márcio Garcia sobre beijo em Bolsonaro

O beijo de Márcio Garcia em Jair Bolsonaro (sem partido), acabou dando dor de cabeça para o ator e apresentador global.

A gravação de 2017, feita na 29ª Super Rio Expofood, no Rio de Janeiro, foi tema da entrevista do artista para o programa ‘Conversa com Bial’, na madrugada deste sábado (25).

Questionado por Pedro Bial sobre seu pensamento sobre o governo atual, o ator relembrou a história. Sem negar o voto no militar, o artista disse que procura ver o melhor de cada um.

Garcia então, explicou o que aconteceu no dia do beijo e disse que a ideia era tirar sarro das acusações de homofobia.

“Fui fazer uma brincadeira com ele por causa da homofobia. Ele pediu uma foto e eu falei: ‘Só se for beijando, mas não vai se apaixonar, que eu já sou casado’. Fui tirar um sarro com ele e eu me dei mal porque o que ficou registrado foi a cena do beijo”.

O apresentador ainda afirmou que não se considera uma pessoa de direita e esquerda e pediu o fim da polarização.

“Não sou de direita, mas também não sou de esquerda. Eu posso estar mais tendencioso pra um lado. Os dois lados têm o lado bom e o lado ruim. A gente tem que parar com a polarização e entender que todos queremos a mesma coisa: o bem do nosso país. Eu não acredito que alguém que pense diferente de mim queira o mal pro país. A democracia tá em ouvir”.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo