Notícias

Homens invadem campus da Ufba e trocam tiros com PMs após perseguição; um suspeito é preso

O campus da Universidade Federal da Bahia (Ufba), no bairro de Ondina, em Salvador, foi cenário de uma troca de tiros entre policiais e suspeitos na tarde desta terça-feira, 27. A situação começou quando quatro homens armados invadiram o campus durante uma fuga e tentaram tomar um veículo de assalto. Eles haviam fugido da comunidade do Calabar, onde estavam inicialmente, após a chegada de policiais militares, que estiveram ao local para apurar denúncia recebida através do 190.

À reportagem do Portal A TARDE, a Polícia Militar (PM-BA) informou que verificava uma denúncia sobre a circulação de homens armados na região. Quando o grupo avistou os policiais, fugiu e pulou um muro que dá acesso a um matagal na área da universidade.

Uma operação formada por agentes da Rondesp (Rondas Especiais), Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) e Polícia Militar montou um cerco na entrada principal da instituição e também na região de São Lázaro.

Por volta das 17h, e após intensas trocas de tiros, um dos integrantes do grupo foi baleado e os demais conseguiram fugir. O alvejado foi encaminhado ao Hospital Geral do Estado (HGE), para receber atendimento médico.

A Rondesp seguiu nas imediações da Universidade buscando o restante do grupo. A suspeita é que os outros envolvidos na ação criminosa são ligados ao tráfico de drogas.

Nota da Ufba

Em nota, a Coordenação de Segurança da Ufba afirmou que os homens estavam em fuga e foram cercados pela Polícia Militar na encosta localizada nos fundos da agência do Banco do Brasil.

“Apesar da troca de tiros, nenhum membro da comunidade esteve exposto nessa ocorrência e que, por orientação da reitoria, a área da ação policial foi isolada de modo a evitar a passagem de veículos ou transeuntes pelo portão principal do campus”.

Por ser área federal, a PM não tem acesso livre, salvo no caso em que uma autorização judicial é emitida, o que não aconteceu. Procurada, a Superintendência Regional da Polícia Federal na Bahia disse que não foi informada sobre a ocorrência.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo