Esporte

Paulo Carneiro tem afastamento da presidência do Vitória prorrogado por mais 60 dias

O ex-presidente do Vitória, Paulo Carneiro, teve seu afastamento prolongado por mais 60 dias. A medida foi aprovada na noite desta terça-feira, 26, em decisão do Conselho Deliberativo do clube. Anteriormente, ele já havia sido afastado pelo mesmo período no início do mês passado.

Paulo Carneiro foi afastado do cargo máximo do Conselho Diretor do clube no dia 2 de setembro. Ele é acusado de de cometer uma série de irregularidades. Entre as principais, estariam transações financeiras de atletas; acordos com empresas sem formalização e que não beneficiariam o Vitória; adiantamento do próprio salário, enquanto outros setores do clube estão atrasados; além de recebimento como pessoa jurídica.

Além da decisão de ampliar o período de afastamento do ex-presidente, a Comissão de Ética também ganhou mais 45 dias de prorrogação dos trabalhos com o intuito de investigar a gestão de Paulo Carneiro.

Desde o primeiro afastamento, o Vitória vinha sendo gerido pelo vice-presidente eleito junto a Carneiro, Luiz Henrique Vianna. No entanto, na noite desta terça-feira, foi comunicado que o então presidente em exercício pediu licenciamento do cargo por 30 dias e foi acatado após votação do Conselho.

Com a prorrogação do afastamento de Paulo Carneiro e pedido de licença de Luiz Henrique Vianna, a presidência do Conselho Diretor rubro-negro passou a ficar a cargo do presidente do Conselho Deliberativo, Fábio Rios Mota. Ele assume o Leão a partir de quinta-feira, 28.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo