Crime

Polícia do Haiti anuncia morte e prisão de suspeitos pelo assassinato do presidente

Um porta-voz da polícia do Haiti, Léon Charles, disse na noite desta quarta-feira (7) que quatro suspeitos de participar do assassinato do presidente Jovenel Moise foram mortos e outros dois foram presos.

Ele afirmou ainda que três policiais, que tinham sido capturados pelo grupo, foram libertados.

Moise foi morto a tiros em sua casa, na capital Porto Príncipe, na madrugada. A primeira-dama Martine Moise ficou gravemente ferida no atentado e levada aos Estados Unidos, onde está internada em estado grave, porém estável. (G1)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo