Notícias

Talibã ocupa palácio presidencial e estabelece o Emirado Islâmico do Afeganistão

O Talibã, grupo considerado extremista pela comunidade internacional, planeja mudar o nome do país e estabelecer o Emirado Islâmico do Afeganistão em uma cerimônia no palácio presidencial, de acordo com a Associated Press. O grupo tomou controle da capital afegã, Cabul, neste domingo (15.ago.2021).

Esse é o nome usado pelo grupo quando governaram o país de 1996 até a invasão norte-americana em 2001. Em maio, a Casa Branca começou a retirar as tropas militares dos EUA e Otan do país. Desde então, o grupo vinha tomando controle de regiões e conquistou a 2ª e 3ª maiores cidades do país, Kandahar e Herat, respectivamente, na 2ª feira (12.ago).

Neste domingo (15.ago), chegaram aos arredores de Cabul e conseguiram ocupar o palácio presidencial. Segundo a Al Jazeera, a mídia local noticiou que o agora ex-presidente Ashraf Ghani fugiu para o Tajiquistão, na Ásia, já o NY Times informou que o destino real  foi o Uzbequistão, mas a sua localização exata não foi oficialmente informada. Ele afirmou que deixou o país para “evitar um banho de sangue”.

“O Talibã venceu no julgamento da espada e da arma e tem a responsabilidade de proteger a honra, a prosperidade e o respeito próprio de nossos compatriotas”, disse Ghani em seu perfil no Facebook.

De acordo com a AP, líderes afegãos criaram um “conselho de coordenação” para organizar uma transferência pacífica de poder aos membros do Talibã. O ministro do Interior, Abdul Sattar Mirzakwal, afirmou em um vídeo que “os afegãos não precisam se preocupar, não haverá ataque”.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo