Política

TCM rejeita contas do prefeito de Casa Nova e multa gestor em R$ 94 mil

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) rejeitou nesta terça-feira, 16, as contas da prefeitura de Casa Nova, de responsabilidade do prefeito Wilker Torres, relativas ao exercício de 2019. Segundo a Corte, o gestor extrapolou o limite máximo para despesa total com pessoal, em descumprimento à Lei de Responsabilidade Fiscal. Cabe recurso da decisão.

Foi ainda aplicada uma multa de pouco mais de R$ 86 mil, o equivalente a 30% dos subsídios anuais do prefeito, pela não recondução dos gastos com pessoal ao limite previsto na LRF. O gestor também foi multado em R$ 8 mil por outras irregularidades.

A despesa total com pessoal alcançou o montante de R$ 85,3 milhões, correspondente a 59,7% da Receita Corrente Líquida de R$14,9 milhões, ultrapassando o limite de 54% previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal.https://a00815accb63d0bc83e70f691a1fe1af.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

O relatório técnico também apontou, como irregularidades, a realização de gastos expressivos com a locação de máquinas pesadas; ausência de cotação de preços na contratação de empresa para a coleta de lixo; contratação de servidores por tempo determinado sem a realização de processo seletivo simplificado; omissão na cobrança de multas e ressarcimentos imputados a diversos agentes políticos; e a baixa arrecadação da Dívida Ativa.

(A Tarde)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo